dealform 728x90

Compartilhe!

Neues Rathaus

Incluí Munique no meu trajeto única e exclusivamente pela cerveja. Eu sou um apreciador do néctar dos bebuns. E Munique é uma das mecas cervejísticas mundiais.

Com a mundialmente famosa festa de Oktoberfest, Munique é símbolo de cerveja. Infelizmente a dita Oktoberfest deveria mudar de nome para Setemberfest pois acontece de verdade em Setembro e termina nos primeiros dias de Outubro. Acabei perdendo a festança.

Mas não perdi as brejas! Para não parecer um bebum descontrolado resolvi conhecer um pouco a cidade antes de me deliciar com as douradas.

Marienplatz, Hofbräuhaus, Odeon Platz, Hofgarten

No centro histórico da cidade fica a Marienplatz, praça principal em frente ao prédio da prefeitura de Munique. Neste prédio fica o famoso relógio, o Rathaus-Glokenspiel, que as 11 horas tem um showzinho “animado”, uma caixinha de música gigante que faz com que as pessoas fiquem olhando pra cima feito tontas. Será que foi isso que inspirou o show de ursos no Playcenter? Mistério…

Neues Rathaus
Neues Rathaus
Dentro do Neues Rathaus
Dentro do Neues Rathaus
Detalhe do Neues Rathaus
Detalhe do Neues Rathaus

Eu aproveitei e subi na torre da Igreja de São Pedro em frente ao prédio da prefeitura, onde se tem belas vistas de Munique.

Marienplatz
A vista da torre da igreja de São Pedro, com o Neues Rathaus e a Frauenkirche à esquerda

Já tava batendo uma fome e eu aproveitei para ir ao famoso restaurante da Hofbräuhaus famosa cervejaria que como todas as outras grandes cervejarias de Munique (Augustiner, Paulaner, Hacker-Pschorr,Spaten e Löwenbrau) tem um restaurante próprio onde servem as deliciosas cervejas e comida típica da Bavaria. O legal nesses restaurantes é que não tem mesa para cada um ou cada grupo, tem lugares, as mesas são grandes e se tiver lugar você senta com outras pessoas e é atendido, tudo muito informal.

Hofbräuhaus
Crássico! Tem bandinha e tudo!
Hofbräuhaus
Já fui logo na de 1 litro!

Depois de encher o tanque continuei meu rolê pelo centro, passei pelos portais de Karlstor e Sendlinger Tor da antiga fortaleza que protegia Munique, dei um pulo até a Odeon Platz e o jardim da corte, o Hofgarten. Á noite ainda achei um lugarzinho perto do hostel que vendia uma excelente comida turca, um delicioso shawarma onde os caras faziam o pão na hora.

Karlstor
Portal de Karlstor
Sendlinger Tor
Sendlinger Tor
Hofgarten
Hofgarten
Feldherrnhalle na Odeonplatz
Feldherrnhalle na Odeonplatz

No hostel tinha chegado no meu quarto uma alemã, que tava rodando o país. Quando eu tava viajando pelo Brasil, viajei um trecho com 2 alemães e eu sempre dizia que o que mais gostava neles é que nunca recusavam uma cerveja, mas, vejam só meus amigos, que absurdo. Essa alemã no hostel me disse que não gostava de cerveja! Onde esse mundo vai parar? Uma alemã que não gosta de cerveja! Eu a excomunguei pela heresia e jurei que ela não era alemã, ela negou, mas não acho possível. Ingrata!

Asamkirche, Viktualienmarket, Maximilianeum

Dia seguinte voltei ao centro, passei na bela igreja de Asamkirche. Igreja pequenina mas num estilo barroco maravilhoso.

Asamkirche
Lindo barroco na Asamkirche

Rodei um pouco o centro e fui ao Viktualienmarket!

Viktualienmarkt
Se avistar isso aí, pare, compre sua birra e seja feliz!

Próximo a Marienplatz fica a Viktualienmarket, um mercado com um dos famosos Biergarten e barracas com comida. Claro que eu já aproveitei para cair de boca na cerveja e no salsichão. Opa! Sem viadagem… Não que eu tenha algo contra… enfim… você entendeu.

Depois fiz uma coisa que sempre curto em toda cidade, sair andando sem rumo, só pra ver o que o destino me reserva. Segui pela Maximilianstrasse e acabei em frente ao Maximilianeum, o parlamento da Baviera e voltando caí numa igreja e ao entrar tive uma bela surpresa de alguém tocando um órgão (calma gente, órgão instrumento).

Maximilianeum
Maximilianeum
Cruzando os rio de Munique
Cruzando os rio de Munique
Igreja que entrei por acaso e tive uma surpresa
Igreja que entrei por acaso e tive uma surpresa

Para fechar ainda visitei uma outra tradicional cervejaria da cidade a Bratwurstherzl, da Hacker-Pschorr, ótima cerveja, mas diferente da Hofbräuhaus aqui é bem tranquilo, sem músicos, mais um restaurante tradicional mesmo.

Bralwurstherzl
Cervejaria da Hacker-Pschorr outra das 6 grandes de Munique
Hacker-Pschorr
O interior mais sério da Bratwurstherzl
Bratwurstherzl
No apetite, só lembrei da foto no fim

Visita a fábrica da Paulaner

Antes de chegar a Munique já tinha decidido visitar uma fábrica de alguma das 6 grandes cervejarias de Munique. Acabei indo a Paulaner, o tour incluía a visita as instalações, passando por todos os processos explicados pelo guia e fechava com um almoço e claro, cerveja!

Paulaner
Frente da fábrica
Paulaner
Sala de brassagem onde se inicia a primeira etapa do processo

PaulanerPelos corredores de 400 anos da cervejaria

Paulaner
Após a primeira etapa, o mosto recebe a levedura e fica armazenado nesses tanques gigantes para liberar o álcool
Paulaner
Após a fermentação, a bebida é levada a maturação, posteriormente é filtrada e finalmente engarrafada
Paulaner
Após andar tanto pela fábrica deu uma sede danada! Aí fui obrigado a degustar uma Dunkel

Se você pretende um dia visitar Munique, lembre-se, essa é a terra da cerveja.

Aprecie sem moderação!

Compartilhe!

Você também vai gostar

Close