50 Off 728x90

Compartilhe!

Catacumba do Capuchinhos de Palermo

O estranho, o bizarro e o inesperado. Já imaginou ir a um lugar onde os corpos das pessoas estão pendurados pelas paredes? Frades, homens, mulheres e até crianças?

Pois é. Outro episódio do Acredite se quiser que me fez visitar um lugar. Esse me lembro bem e quando decidi ir até a Sicília é óbvio que eu tinha que passar nesse lugar. Fui a Palermo só para isso na verdade.

Catacumba do Capuchinhos de PalermoA entrada das Catacumbas

Catacumba dos Capuchinhos de Palermo
Os corredores da Catacumba com os corpos pendurados

As Catacumbas são do século XVI, a princípio o que existia era uma fossa comum e só os frades capuchinhos eram colocados ali, porém perceberam que o local tinha as condições ideais de conservação e os corpos não se decompunham rapidamente.

Catacumba dos Capuchinhos de Palermo
Alguns corpos estão identificados como que esperando um reconhecimento pós morte que não existe

Aquilo foi interpretado como um milagre divino e a partir daí a população de Palermo passou a também querer ser “enterrada” ali. Melhor dizer mumificadas pois seus corpos eram preparados, vestidos e colocados em lugar de destaque em nichos pelas paredes.

Catacumba dos Capuchinhos de Palermo
Algumas realmente tem um aspecto assustador!

Isso custava caro pois para mumificar ia um bom dinheiro, daí que vários dos corpos que repousam hoje lá são de pessoas importantes na sociedade de Palermo como médicos, advogados, artistas, coronéis e seus filhos. As roupas são uma afirmação do status social da época.

Catacumba dos Capuchinhos de Palermo
“Enterrados pelas paredes”

Engraçado como as pessoas mesmo na hora mais dramática quando o destino nos joga na cara o quão temporário e banais nós somos, ainda se apegam a futilidades, que ainda que exista um pós vida, de nada significa.

Catacumba do Capuchinhos de Palermo
A área dos bambini, onde os pais pagaram para que seus bebês ficassem expostos pelos séculos

O lugar chegou a abrigar 8000 múmias, hoje estão nas Catacumbas cerca de 1200 corpos. Estão divididas em seções, para os frades, mulheres, homens e crianças.

Rosalia, a múmia que parece uma bonequinha

Em 1880 as catacumbas pararam de receber corpos porém foram abertas 2 exceções. Uma para o vice cônsul dos EUA em 1911 e a última pessoa colocada ali, Rosália Lombardo em 1920.

Ela era filha de uma família muito rica e influente de Palermo e morreu aos 2 anos de pneumonia. Seu pai contratou o doutor Alfredo Salafia para ser embalsamada e ele fez um trabalho impressionante. Utilizou uma técnica secreta e fez dela a múmia mais bonita do mundo.

Catacumba dos Capuchinhos de Palermo
Rosalia Lombarda, a múmia mais bonita do mundo

Rosalia parece que está dormindo em seu caixão. Ela repousava numa capela próxima mas após observarem que o corpo começava a se decompor decidiram colocá-la numa urna de vidro com ambiente controlado.

Cada pessoa tem uma visão própria desse lugar. De bizarro a nojento. De um desrespeito aos mortos a realização do último desejo.

Catacumba dos Capuchinhos de Palermo
Essa é uma das múmias mais conservadas, ele se chamava Antonio Prestigiacomo era um grande mulherengo e pediu que lhe colocassem olhos de vidro para apreciar as mulheres por toda a eternidade. Ô cabra safado!

Para mim o principal é mostrar explicitamente que nós não somos nada, nosso tempo aqui é passageiro e por mais dinheiro, status e poder que se tenha, no fim só o que vai sobrar de você é uma carcaça magra, desbotada e triste.

Aproveite a vida, seu tempo está acabando!

Catacumba dos Capuchinhos de Palermo
O nosso futuro

Para saber dos horários e valor da visita visite o site oficial das catacumbas:

http://www.catacombepalermo.it/

 

Referências:
http://descobrindoasicilia.com/2015/04/catacumbas-dos-capuchinhos-de-palermo/

Compartilhe!

Você também vai gostar

Close