Banner 728x90

Compartilhe!

Depois da fascinante Bangkok era hora de conhecer as mundialmente famosas praias tailandesas.

Sempre que falava sobre isso com outros viajantes a maioria já vinha com um tom de alarde: fuja de Phuket! Cuidado com Phi Phi! Full Moon Party não! Não! Não! Eu até achava estranho.

Ok, eu entendo que lugares como Phuket são invadidos por turistas que só se importam em ficar loucão e nada mais mas não é possível que toda uma ilha seja assim.

Koh Chang
No ferry boat rumo a Koh Chang

De qualquer maneira já tive boas noitadas em Bangkok e queria dar uma relaxada numa bela praia. Meu amigo Jason recomendou Koh Chang, a segunda maior ilha da Tailândia que fica próximo ao Camboja. Eu e meu camarada Miquel seguimos para lá.

Pegamos um ônibus até Trat e de lá um ferry boat até Koh Chang. Estranhei não ter muitas opções baratas via internet por isso reservei só uma noite para ver se encontrava algo lá.

Koh Chang
Uma outra vantagem de Koh Chang são os preços bem mais em conta que em outras ilhas e com boas opções. O primeiro hotel que ficamos na ilha.

Lonely Beach

Íamos ficar próximo a Lonely Beach. Depois de nos instalarmos e passar a noite no hotel que era bom mas um pouco afastado da praia, caçamos e encontramos um hostel bem no centrinho de Lonely Beach.

Lonely Beach
Lonely Beach

Lonely Beach é a praia de mochileiros em Koh Chang mas tem opção de praia para todos os gostos. Mais familiar em White Sands, de onde também saem passeios de barcos para outras ilhas, resorts exclusivos do outro lado da ilha, cachoeiras, passeios de elefantes (que eu dispenso).

Koh Chang
Até cachorro tem momento de contemplação nas belas praias tailandesas

Eu gosto de praia mas não sou fanático como brasileiro. Um dia é pouco, dois é bom, três é demais. Daí que alugamos uma moto para rodar pela ilha. Fomos até White Sands, demos uma olhada na cachoeira Khlong Phlu e visitamos o mercado no pier de Bang Bao.

Cachoeira de Khlong Phlu
Cachoeira de Khlong Phlu. A maior parte de Koh Chang é um parque nacional e essa cachoeira fica dentro dele.
Píer de Bang Bao
O mercado sobre o píer de Bang Bao. Bom para quem quiser apreciar frutos do mar frescos.

E acabou que o mais divertido em Koh Chang foi a noite mesmo. Fizemos amizade com um pessoal lá no hostel, tinha uma austríaca, uma alemã e um outro casal de alemães. De dia íamos a praia juntos e a noite saíamos para rodar pela ruazinhas rústicas ali na vila onde tinham alguns restaurantes e bares.

Koh Chang
Recarregando as baterias

Outro dia chegou um irlandês e eu fui com esse cara na rua das baladinhas ali na vila. Fomos enchendo a cara, mudando de um bar para outro e até arrumamos umas namoradinhas lá. Não era ladyboy não viu? Brasileiro não cai nessa! Só se quiser!

Para quem quer pegar uma boa praia tailandesa sem a loucura de lugares como Phuket e ainda sim se divertir, Koh Chang é uma ótima opção.

Compartilhe!

Você também vai gostar

Close