Banner 728x90

Compartilhe!

Goa India

Goa, a Índia estrangeira. Depois do giro pelo Rajastão e ter passado o Natal em branco decidi ir a um lugar especial no réveillon.

Conversando com indianos muitos me indicaram Goa como o lugar certo para isso.

Goa é o menor estado indiano e foi por muito tempo território de Portugal. Isso mesmo! Esse estado foi português durante 400 anos mesmo durante a dominação britânica e só foi recuperado pela Índia em 1961.

Mas o que é realmente diferente de tudo na Índia é que aqui comem carne de vaca. Sim, o costume de comer carne ficou e é possível apreciar um bife por aqui.

Goa também virou um point para baladas na Índia. Europeus viram o potencial da região e montaram grandes raves, regadas a bebidas e outras cocitas más.

Por essas coisas que os indianos vêem Goa tão diferente.

Depois de uma verdadeira epopéia para chegar até Goa, que vou contar no final, cheguei no hostel e caí morto na cama. Fiquei na praia de Candolim, pertinho de Calangute um dos points de Goa.

Goa India
Um dos motivos dos portugueses terem ficado tanto tempo em Goa

No dia seguinte já era a véspera de ano novo e encontrei com meu amigo Miquel, que conheci na Capadócia, para a gente tomar uma gelada relaxando na praia.

Quando se viaja por longo tempo é legal reencontrar pessoas bacanas que você trombou mundo afora.

Ali já combinamos de ir juntos para Myanmar pois viajar sozinho por lá é caro e com mais pessoas é mais divertido.

Réveillon em Goa

O réveillon em Goa é a mesma coisa que em qualquer praia brasileira. Muita gente, bebidas, fogos e música. Foi legal para matar a saudade de casa.

Goa India
Réveillon a brasileira em Goa
Grande amigo que fiz na viagem, o Miquel

O indiano é bem recatado com vestimentas e no comportamento então os homens ficam “admirando” as estrangeiras nos seus biquininhos e até de topless. O que é meio uma falta de respeito com a cultura local que jamais faria isso.

Eu usei meu tempo em Goa para descansar um pouco da Índia. Poder ficar na praia, tomando uma cerveja e admirando um belo pôr do sol foi como uma terapia depois de semanas intensas pelo país.

Goa India
Tirando férias da Índia na Índia

Maratona até Goa

E para chegar até Goa foi um parto. Passei o dia em Udaipur e peguei um ônibus direto para Mumbai pois não tem nada direto para Goa.

O problema começou com o vendedor de passagem em Udaipur que me enganou. Comprei de uma agência que vende passagens de várias companhias e pedi uma passagem tipo sleeper (que é uma cama) num ônibus novo com ar condicionado.

Essa agência ficava no centro próximo a rodoviária e achei que o ônibus sairia de lá. Me pediram para ir para a agência as 16hr.

Chegando o horário me chamaram e eu fiquei procurando o ônibus quando o que aparece é um cara de moto. Ele ia me levar para outra rodoviária.

A tal rodoviária nada mais era que uma parada no meio da estrada em frente a um posto de gasolina. Tava cheio de gente na mesma situação que a minha.

Daí o cara da moto passa um papel da minha passagem para um outro cara que tava ali só pra parar os ônibus e colocar o povo dentro.

Demora um pouco e o cara avisa que chegou meu ônibus. Não acreditei. O ônibus era velho pra cacete e não tinha ar condicionado. O sleeper era uma cabininha que um pouco mais baixa ia ser igual a um caixão.

Bus India
Meu caixãozinho ambulante

Na hora fiquei puto, pensei em armar um barraco, voltar no cara que parava os ônibus mas eu não tinha nem como sair dali no meio do nada.

Acabei aceitando que fiz papel de trouxa e segui viagem.

O ônibus fazia umas paradas para comer e ir ao banheiro. Daí que de repente parou no meio da estrada. O que que tá acontecendo? O ônibus quebrou! Umas 3 horas parado enquanto arrumavam a porcaria do ônibus.

Cheguei em Mumbai quebrado mas ainda consegui dormir um pouco. Ainda tive que pegar um táxi, atravessar a cidade pois o ônibus parou bem longe da estação de trem e eu queria tentar ir de trem até Goa.

Não consegui passagem e tive que ir de ônibus. Comprei uma passagem com saída as 18 hr, dessa vez do tipo normal.

Goa India
Muita paciência para chegar ao paraíso

O ônibus saiu no horário mas ao invés de ir direto pra Goa ficou uma hora rodando a cidade atrás de passageiro. Quando emboca para pegar a estrada, pára. O que? Vai dizer que quebrou de novo? Não. O ônibus parou para carregamento de carga.

Na Índia ônibus de passageiros também levam carga no teto. E não é carguinha não. Lotaram o teto com caixas de frutas, roupas, grãos e só Deus sabe o que mais. Foi mais uma hora e meia nisso e só depois de 2 horas e meia de sair que o ônibus pegou estrada.

A única coisa legal dessa viagem foi uma conversa com um garoto indiano que estava inconformado pois seus pais queriam lhe arrumar uma noiva mesmo ele tendo namorada. Essas coisas estranhas da Índia que aconteceu comigo em Pushkar.

Depois desse périplo eu merecia ou não umas férias da Índia?

Compartilhe!

Você também vai gostar

Close